segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Paulo aos Efésios: Da prisão, às igrejas da Ásia Menor

Começamos a ler e estudar um pouco a carta à Igreja de Éfeso. Essa é uma das cartas que Paulo escreveu estando preso. Efésios deve ter sido escrita e remetida, através de Tíquico, mensageiro de Paulo, juntamente com a carta aos Colossenses. Nesse momento, Paulo estava preso em Roma.

Não há dúvidas relevantes quanto à autoria da carta. Sua data é bem firmada no primeiro século, o que elimina fortemente a possibilidade de alguém ter escrito falsamente sob o nome de Paulo. O Apóstolo se identifica duas vezes no próprio texto como o autor da carta. Seu conteúdo é muito semelhante ao de Colossenses e encontra correspondências também em outros textos paulinos. E a aceitação da igreja primitiva sobre a autoria paulina não deixa dúvidas quanto à sua autenticidade.

Apesar de Éfeso batizar a carta, entende-se que essa cidade não foi seu único destinatário, apesar de ser potencialmente o principal. É sabido que a carta percorrera várias cidades da Ásia Menor, inclusive Colossos. Colossenses 4.16 faz referência a uma outra carta, que estava em Laodicéia e que deveria ser lida também pelos colossenses. Esta carta, possivelmente, era a carta aos Efésios.

Paulo conhecia seus destinatários principais. Atos cap. 20 nos diz que Paulo passou quase três anos com eles. O pastor daquela igreja é um velho conhecido: Timóteo, discípulo de Paulo, a quem ele escreveu duas cartas. A cidade em que esse jovem exerceu seu ministério foi também o local de seu túmulo.

Paulo havia confiado a igreja de Éfeso a Timóteo há algumas décadas. O Apóstolo já havia morrido há quase 30 anos, e Timóteo ainda cuidava daquela igreja. Em certa ocasião, com Timóteo já velho, sendo o Apóstolo João o último dos 12 ainda vivo, o respeitado pastor deparou-se com uma procissão idólatra que adorava a deusa Diana, muito reverenciada naquela cidade. Ao protestar contra a procissão, já velho, foi atingido na cabeça por um pedaço de pau, por um sacerdote de Diana. Toda a multidão o espancou e ele morreu poucos dias depois em decorrência de seus ferimentos.

A mensagem de Efésios é muito relevante para nós, pois traz alguns ensinamentos que lhe são exclusivos. As instruções quanto ao papel do homem e da mulher na família, além de recomendações a filhos, pais, escravos e senhores de escravos, presentes nos capítulos 5 e 6, são textos exclusivos dessa carta que formam bases de nossa doutrina. E a clareza com a qual Paulo trata do tema da unidade da igreja, expondo como Deus chamou a todos, judeus e gentios, também é muito importante.

O texto de Efésios ainda traz a única fala de Paulo sobre batalha espiritual. Um texto que merece ser analisado com calma, pois interpretações medonhas dele já foram e são feitas por aí. Ainda há outros temas tratados na carta, como predestinação, graça, reconciliação e união com Cristo, redenção.

Vamos juntos aprender com este texto precioso. Até a próxima semana, um texto por dia sobre cada um dos seis capítulos. Leia, comente, questione, participe. Entendamos a mensagem juntos, pois temos muito a aprender ali.

Um comentário:

wallace santos disse...

quais orientações que Paulo deu a Timoteo.
não aquelas que ja tem na carta de Timoteo e sim algo mais pessoal e profundo.
se tiver algo me responda por favar.
exemplo: o que o senhor falaria a um jovem pastor que sairia em uma Missão