segunda-feira, 17 de outubro de 2011

At 17 - A pregação eficiente e excelente de Paulo

O capítulo 17 de Atos contém uma narrativa de parte do ministério de Paulo e mostra como o Apóstolo estava envolvido emocional e pessoalmente com a obra de Deus (17.16), como a sua pregação e a de seus companheiros estava sendo eficaz (17.6) e como o coração dos que não recebem a Cristo é duro (17.5-8).

Paulo e Silas passaram, após serem perseguidos em Tessalônica, pela cidade de Beréia. O texto diz que os bereianos eram mais nobres que os tessalonicenses, pois averiguavam nas Escrituras a veracidade e a coerência do que Paulo dizia acerca de Cristo (11). Isso é motivo para elogiarmos os bereianos. Fossemos como eles e teríamos muito menos heresias prevalecendo no nosso meio. Mas o que também surpreende é que muitos deles, com todo esse critério, creram. E isso inclui pessoas de alta posição, segundo o texto (12).

A mensagem de Paulo, além de ousada, criativa e cheia de sabedoria e da unção do Espírito Santo, era eficaz e coerente. O Apóstolo dos gentios pregava com tal excelência que seus ouvintes bereianos o atenderam após conferir se tudo o que ele dizia era coerente com as Escrituras. Devemos valorizar a Palavra de Deus, a Bíbllia Sagrada, para sermos coerentes como Paulo e prudentes como os bereianos.

Ainda ontem perguntei numa reunião com cerca de 100 jovens quantos liam ao menos dois capítulos da Bíblia por dia. Cerca de 25% manifestou-se positivamente. Tivesse perguntado sobre oração e jejum constantes, certamente a resposta não seria muito diferente. O mesmo vale para a frequência com a qual pregamos o Evangelho a alguém, acredito. Por que digo isso? Por que vemos os apóstolos e queremos na nossa vida os mesmos sinais que eles tinham, a mesma pregação eficiente, o mesmo poder e autoridade. Mas estamos de fato dispostos a entregar para o Senhor tudo o que eles entregavam?

Assim como Paulo, devemos consagrar nossa vida e esforços para propagar o Evangelho de Cristo. Façamos do nosso trabalho, estudo, relacionamentos, meios para se pregar a Palavra de Deus.. Conheçamos a Bíblia, para o fazermos com a mesma excelência que Paulo fazia. Podemos querer a mesma eficiência na mensagem e o mesmo poder/autoridade que ele tinha. Mas precisamos estar dispostos a entregar nossa vida por completo a essa causa, como Paulo e os seus. Não apenas algumas horas do nosso fim-de-semana ou alguns minutos do nosso dia, mas toda a nossa vida e esforços.

Nenhum comentário: