terça-feira, 6 de setembro de 2011

oãsrevnI (Inversão)

Que Deus me permita ser rico e ter sempre fartura na minha dispensa.
42.6 sacuL

Que as pessoas gostem muito de mim e sempre falem da minha boa fama.
52.6 sacuL

Que eu consiga amar muito aos meus amigos, pois há muita gente traiçoeira aí fora.
62.6 sacuL

Que sempre saia da minha boca palavras de bênção àqueles que me querem bem.
72.6 sacuL

Ao que me causa prejuízo ou dolo, que lhe seja manifestada a justiça de Deus.
13-03.6 sacuL

Que o Senhor me dê graça para sempre emprestar algum dinheiro para ajudar ao meu irmão. E que ele sempre consiga me pagar, para que eu possa ajudar mais. E que qualquer que pegar algo que o Senhor me deu, que eu seja restituído.
53-43.6 sacuL

Há muitos que dizem buscar a Deus, mas o fazem de qualquer jeito ou apenas com as palavras. Que Deus me livre de ser como tais homens, mas me conserve em sua santa presença, para que eu não seja condenado como eles.
73.6 sacuL
______________//______________
Fosse o sermão da montanha lido ao contrário, teríamos todas essas "bênçãos" pedidas aí acima. E teríamos razão de cantar muitas canções que cantamos às vezes, as quais os que estão com elas familiarizados certamente se lembraram enquanto liam o texto.

Que sejamos bem aventurados, como o sermão de verdade, em Lucas 6 nos diz. Guardemos o nosso coração e consigamos discernir o que é de fato a vontade de Deus para nós.

Nenhum comentário: