quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Servindo como Jesus II - Com consciência e foco

"Sabendo Jesus que a sua hora de passar deste mundo para o Pai já tinha chegado..."
Jo 13.1

"Jesus, sabendo que o Pai tinha depositado nas suas mãos todas as coisas, e que havia saído de Deus e ia para Deus..."
Jo 13.3

Muitos exercem determinadas funções e/ou têm ministérios na igreja. E graças a Deus por isso, pois essa iniciativa visa o serviço cristão, o que é bom.

Tantos outros, porém, estão limitados somente a exercerem uma função/tarefa, sem de fato servirem a Cristo. Isso é possível quando se faz determinada atividade por pura convenção social, com motivações egoístas, para agradar ao pastor ou aos pais, filhos, namorados, cônjuge.

Outra forma ainda mais simples de cometer este erro é servir sem propósito, sem saber onde se quer chegar; erro que Jesus não cometeu. Quando João diz que Jesus foi servir aos discípulos lavando-lhes os pés, ele faz questão de deixar claro que o Mestre sabia quem ele era, de onde vinha e para onde ia.

Todas as vezes que alguém serve num ministério que não contribui de alguma forma para sua vocação - talvez até por esse alguém não saber qual a sua vocação, sempre que se serve sem saber com qual objetivo se executa tal tarefa, com foco e consciência distantes, não se segue o exemplo de Jesus à risca.

Sabermos onde o Senhor quer que cheguemos é fundamental para servirmos com excelência. Se tenho vocação pastoral, servirei numa área que motive minha leitura bíblica, estudos teológicos, contato com os irmãos, aconselhamento. Se missionária, me envolverei ao máximo com evangelismos, trabalhos sociais, etc. Afinal, sei onde quero chegar, lembro-me de onde vim e também onde e como estou.

Jesus serviu com consciência para nos dar o exemplo. Seu auto-conhecimento era um recurso a seu favor, assim como o nosso deve ser. Sirvamos como Jesus, buscando conhecer-nos melhor e visualizar o propósito do Senhor para nós, para mirarmos nele.

Nenhum comentário: