quinta-feira, 10 de agosto de 2006

Pessoas boas e/ou agradáveis

Estou lendo o livro "Maravilhosa Graça" do Philip Yancey, um dos maiores escritores cristãos da atualidade. Yancey cita em seu livro a oração de uma menininha inglesa, que me rendeu boas reflexões e gargalhadas:
"Senhor, transforme as pessoas ruins em pessoas boas, e as pessoas boas em pessoas agradáveis."

Percebe-se que algumas pessoas ao tornarem-se cristãs viram um poço de virtudes. Um poço de virtudes cheio de lodo e bichos que, de tão assustador, não permite que outros bebam de sua água.
Meus queridos, tenhamos virtudes, muitas virtudes; mas saibamos ser agradáveis a ponto de atrair outras pessoas a nós e às nossas qualidades, e não mantê-las longe do nosso "virtuoso patrimônio".

2 comentários:

Thobila disse...

...Até porque qual a importancia de um vaso cheio de agua no meio do deserto,onde há pessoas morrendo de sede,se não for pra sacia-las???...Do que adianta sermos pessoas com infindas virtudes se estas estão intocaveis?
Já me peguei diversas vezes cheia de coisas pra oferecer aos outros, mas guardei tudo pra mim desagradavelmente.Sabe o que aconteceu?Essas coisas apodreceram..nem eu e nem os outros puderam desfrutar...

Israel disse...

hehehe o comentário acima TINHA q vir de nossa virtuosa amiga Tutu... Ei Tutu Gabi!
Sobre sermos pessoas agradáveis.. acho q o q torna uma pessoa boa desagradável eh qdo ela acha q tem a Verdade... nós desfrutamos da Verdade, porém naum a temos.. ela eh q tem a nós. Aí, qdo achamos q a temos, passamos a viver na falsa e triste vaidade de q estamos certos e todos os outros errados... o q era pra ser uma coisa boa se torna um pé no saco tsc tsc..

Filinhos... eu vos escrevo pq a Verdade naum pode ser possuída.. apenas contemplada e desfrutada!

:p